Tipos de Decanters

Existem basicamente duas razões para se decantar um vinho; para separar o liquido de seus sedimentos (decantação) em vinhos não filtrados, como na grande maioria dos vinhos de longa guarda, e para “amaciar” os vinhos mais jovens e de média guarda e nesse caso o termo correto a ser aplicado é aeração, mesmo que isso seja feito num decanter. Há 20 ou 30 anos atrás, os vinhos ficavam envelhecendo em garrafa, por três, quatro ou mais anos, nas adegas do produtor antes de serem colocados no mercado, chegando ao consumidor mais amistosos e prontos a beber.

Normalmente feito de vidro ou cristal (materiais neutros que não comprometem a qualidade do vinho), o decanter não varia muito de forma: uma base espaçosa que proporciona o maior contato do vinho com o oxigênio, seguido de um pescoço longo e uma entrada média.

Podem-se encontrar alguns modelos mais trabalhados e detalhados que outros, mas apenas como função decorativa. Existe, por exemplo, um decanter chamado bico de cisne, por causa do seu formato. Outros têm as bases mais longas, ou o pescoço mais verticalizados, mas as finalidades serão sempre as mesmas.

5 tipos de decanters:

– Padrão

– Cornetto

– Cisne

– Pato

– Areador

Copyright © 2015 Pixel Theme Studio. All rights reserved.