10 CURIOSIDADES SOBRE A ITÁLIA

Itália é uma república parlamentar unitária localizada no centro-sul da Europa. Ao norte, faz fronteira com França, Suíça, Áustria e Eslovênia ao longo dos Alpes. Ao sul, que consiste na totalidade da península Itálica, Sicília, Sardenha, as duas maiores ilhas no Mar Mediterrâneo, e muitas outras ilhas menores ficam no entorno do território italiano. Os Estados independentes de San Marino e do Vaticano são enclaves no interior de Itália, enquanto Campione d’Italia é um exclave italiano na Suíça. O território do país abrange cerca de 301 338 km² e é influenciado por um clima temperado sazonal. Com 60,6 milhões de habitantes, é a quinta nação mais populosa da Europa e a 23ª do mundo. O termo Mezzogiorno indica, para fins sociais, econômicos e políticos, o sul da Itália. Historicamente, o Mezzogiorno compreende o território do antigo Reino das Duas Sicílias, mais uma parte do Lácio.

1 – Sul da Itália: onde o mundo se encontra:

Se o Norte italiano costuma ficar registrado na memória dos viajantes pela opulência, luxo e formalidade, o Sul deste belo país é todo rusticidade, no melhor dos sentidos. A porção meridional da península exala o autêntico espírito da Itália. Tanto Nápoles , no continente, como as grandes ilhas adiante, Sicília e Sardenha , fazem a viagem valer a pena – e muito.


Isola Rossa, belo cenário a noroeste da Sardenha

2 – Os italianos sempre comem macarrão:

Bem, muita gente acha que os italianos comem macarrão em cada refeição e todos os dias só porque o macarrão é italiano e a Itália é o seu maior exportador, mas não é inteiramente verdade… Na Itália existe muita variedade de alimentos e também há muitos restaurantes diferentes por todo o países. O fato é que a Pasta é o carro chefe de uma gastronomia muito rica e diversificada.

3 – Por que eles falam gesticulando muito?

Os italianos têm o hábito de falar gesticulando muito. Eles fazem isso para atrair a atenção do ouvinte, se expressarem melhor e para dar um tom mais “emocional”. No entanto, é sobretudo uma tradição. Lembre-se: a melhor maneira de fazer uma pessoa italiana prestar atenção é vincular suas mãos.

4 – Os italianos são muito religiosos:

Os italianos levam muito a sério a religião, ou pelo menos aqueles que acreditam.
Pode soar estranho, mas alguns deles dependem de um exorcista. Há cerca de 500.000 visitas por ano de exorcistas! No entanto, o número de pessoas religiosas está indo para baixo ao longo dos anos e há mais e mais ateus.

5 – Os italianos falam sobre o “mal” da Itália, mas não quer que os outros façam:

Geralmente, os italianos não têm nenhum problema em falar sobre as falhas de seu país e seu povo, mas quando os outros estão criticando Itália eles não gostam. Esta atitude pode ser vista especialmente em redes sociais ou na Internet em geral. Especialmente pela tão amada Azzurra, a seleção de futebol italiana, grande paixão nacional.

6 – Os garfos chegam primeiro na Itália e depois em outras cidades europeias por causa da pasta:

O garfo provavelmente foi inventado pelo Império Romano na época do Império Bizantino e começou a ser usado pelos romanos e gregos como um item de luxo, mas com a queda do Império Romano do Ocidente desapareceu quase totalmente. Graças aos italianos, que retomaram os garfos para comerem melhor as massas e se espalharam para outros países europeus.

7 – A tradição do aperitivo:

Os italianos são muito tradicionais quando se trata das refeições. Um dos hábitos clássicos é tomar uma bebida antes do jantar. Basicamente, é uma oportunidade de conhecer e conversar enquanto você come e bebe alguma coisa. Normalmente, esta bebida é tomada em bares e restaurantes e começa em cerca de seis horas e pode durar até dez horas da noite ou até mais. Às vezes, é tão satisfatório que pode substituir o jantar!

8 – O romance de Pinocchio é italiano:

Sim, “Pinocchio”, um dos personagens mais populares da literatura infantil, foi escrito por um italiano, Carlo Collodi em 1883.

9 – Os italianos não utilizam o telefone durante as refeições:

Outra tradição italiana durante as refeições é geralmente não usar o celular durante o almoço ou jantar, especialmente quando estão com amigos e familiares. Na verdade mais do que uma tradição, é um gesto de cortesia. Na verdade, pode parecer rude estar no telefone, em vez de falar com outras pessoas à mesa.

10 – Os dialetos Italianos:

Há então a lingual territorial, em que os vários dialetos são descendentes. Segundo o site Ethnologue, é o Napolitano o dialeto mais generalizado com 5,7 milhões de falantes. Seguido pelo Siciliano (4,7 milhões de falantes), o Veneto (3,8 milhões), o Lombardo (3,6 milhões) e o Piemontese (1,6 milhões). Esses são alguns principais falados no Sul da Itália.

Os Benefícios do Presunto Cru

Feito com a carne suína, especificamente a perna traseira do suíno, geralmente do meio da canela até a articulação entre o fêmur e o ílio. A extensão do corte varia de produtor pra produtor e os únicos ingredientes encontrados em sua composição são a carne, sal e tempo. O processo de cura que dura até doze meses. As peças não recebem conservantes nem aditivos químicos, por isso, é praticamente livre de colesterol. No processo de cura, o presunto fica em ambientes ventilados, é quando o aroma dos bosques da região dá um sabor especial à carne.

O pigmento natural presente nos presuntos cru é denominado zinco-porfirina. Uma substância importante, fonte de zinco e associado à vitamina C. O zinco favorece o aumento de resistência por parte do sistema imunológico. Possui um total de lípidos elevado, graças ao seu elevado teor de ácidos gordos insaturados (64,9%), essas boas gorduras que são boas para a saúde, tais como o ácido oleico (45,8%), uma gordura monoinsaturada que ajuda a reduzir os níveis de colesterol ruim no sangue (LDL-Colesterol), sem reduzir os de HDL-Colesterol, o que protege contra doenças cardiovasculares. Comer presunto cru significa ajudar a atender aos níveis diária recomendada de ingestão de vitaminas B, mas também proporcionar uma boa parte dos minerais preciosos com alta biodisponibilidade que são absorvidos facilmente pelo corpo, como o ferro.

Presunto de Parma também provou ser um excelente alimento que ajuda a combater e inibir a ação de radicais livres, a principal causa de doenças do envelhecimento e degenerativas, e restaurar o equilíbrio fisiológico do corpo, graças à presença de antioxidantes naturais tais como a vitamina E e selênio. O presunto cru está presente na dieta do Mediterrâneo.

Copyright © 2015 Pixel Theme Studio. All rights reserved.