Os Benefícios do Presunto Cru

Feito com a carne suína, especificamente a perna traseira do suíno, geralmente do meio da canela até a articulação entre o fêmur e o ílio. A extensão do corte varia de produtor pra produtor e os únicos ingredientes encontrados em sua composição são a carne, sal e tempo. O processo de cura que dura até doze meses. As peças não recebem conservantes nem aditivos químicos, por isso, é praticamente livre de colesterol. No processo de cura, o presunto fica em ambientes ventilados, é quando o aroma dos bosques da região dá um sabor especial à carne.

O pigmento natural presente nos presuntos cru é denominado zinco-porfirina. Uma substância importante, fonte de zinco e associado à vitamina C. O zinco favorece o aumento de resistência por parte do sistema imunológico. Possui um total de lípidos elevado, graças ao seu elevado teor de ácidos gordos insaturados (64,9%), essas boas gorduras que são boas para a saúde, tais como o ácido oleico (45,8%), uma gordura monoinsaturada que ajuda a reduzir os níveis de colesterol ruim no sangue (LDL-Colesterol), sem reduzir os de HDL-Colesterol, o que protege contra doenças cardiovasculares. Comer presunto cru significa ajudar a atender aos níveis diária recomendada de ingestão de vitaminas B, mas também proporcionar uma boa parte dos minerais preciosos com alta biodisponibilidade que são absorvidos facilmente pelo corpo, como o ferro.

Presunto de Parma também provou ser um excelente alimento que ajuda a combater e inibir a ação de radicais livres, a principal causa de doenças do envelhecimento e degenerativas, e restaurar o equilíbrio fisiológico do corpo, graças à presença de antioxidantes naturais tais como a vitamina E e selênio. O presunto cru está presente na dieta do Mediterrâneo.

Os Benefícios do Manjericão

BlogmanjericaoO Manjericão ou Alfavaca (Ocimum sp) é uma planta perene originária da Ásia e África. Têm flores brancas e um pouco rosadas, uma das características das suas flores é a sua disposição tipo espiga. As suas sementes são pequenas e pretas. Costuma-se retirar suas primeiras florações para aumentar o número de folhas e o ciclo da planta. Na culinária, as folhas são utilizadas como um tempero aromático, particularmente na tradicional pizza margherita, e como ingrediente básico do pesto genovês. Pode ser consumida também como chá e traz grandes benefícios a saúde por suas propriedades tônicas e digestivas, sendo indicados ainda para problemas respiratórios, reumáticos e dores de cabeça.

O óleo essencial tem uma composição complexa e variável, sendo os mais importantes componentes aromáticos o cineol, linalol, citral, estragol, eugenol e cinamato de metila. Outros monoterpenos (ocimeno, geraniol, cânfora), sesquiterpenos (bisaboleno, cario­fileno) e fenilpropanóides (metil eugenol) podem estar presentes, em concentrações variáveis, com forte influência sobre o sabor.

Fonte de fibra dietética, água e proteínas, o manjericão ainda é rico em vitaminas A, B, C, E e K, além de minerais como o cálcio, zinco, manganês, magnésio, ferro e potássio. Sendo indicadas para o ardor ao urinar, para compressas que devem ser aplicadas nos mamilos doloridos das lactantes, auxilia à boa circulação e inibe dores reumáticas, combate tosse e resfriados, além de reduzirem a inflamação da pele, são utilizadas no tratamento de outros problemas como micose, psoríase, acne e picadas de insetos. Devido aos seus compostos fenólicos, esta planta possui um elevado potencial antioxidante, que atuam no combate e na propagação dos radicais livres que estão associados ao envelhecimento precoce e a doenças degenerativas como câncer e doenças cardiovasculares e neurodegenerativas como o Parkinson e o Alzheimer.fresh-basil_3

Para preparar o chá de manjericão, você vai precisar de:

– Aproximadamente 10 folhas de manjericão
– 1 litro de água

Ferva a água e adicione as folhas lavadas e higienizadas e então tampe. Deixe descansar por dez minutos, coe e consuma duas vezes ao dia. Se os sintomas persistirem consulte um médico.

Os Benefícios dos Queijos

A arte e ciência da fabricação do queijo é feita principalmente a partir do leite de vacas, cabras, ovelhas, búfalas e outros mamíferos, além de grãos como castanhas, quinoa, amêndoas, entre outros. Quando usado o leite, o processo começa com a coagulação, formando a chamada coalhada de leite. Este é o que separa o leite em coalhada do soro do leite. Ela é então processada, aqueFacebook_POST_OsBeneficiosdosQueijos_DonManoelicida, pressionada, salgada, drenada de qualquer soro de leite restante e cortada nas formas desejadas. O último passo é a cura ou maturação.

Alguns dos benefícios dos queijos incluem alívio da hipertensão e a osteoporose. Ele também ajuda na manutenção da saúde óssea e no ganho peso. Contêm muitos nutrientes, incluindo as vitaminas C, B-6, B-12, A, D, E e vitamina K. Outras vitaminas, tais como a tiamina, riboflavina, niacina, também são encontrados em diferentes tipos de queijo. Sua ingestão também proporciona determinados minerais essenciais tais como cálcio, sódio, zinco, fósforo, potássio e ferro para o organismo humano.

Queijo contém ácido linoleico conjugado e esfingolipídeos que ajudam a prevenir o câncer. Vitamina B auxilia a manter muitas funções do organismo e também para a proteção contra doenças como beribéri. Fortalece o fígado e facilita a absorção de nutrientes no corpo.

A maioria das proteínas do queijo pertence a família de proteínas do leite chamada caseína. Elas são de excelente qualidade, ricas em aminoácidos essenciais e altamente digerível. O teor de gordura é altamente variável e varia de 1% em queijo cottage à 34% no queijo cremoso. A gordura do queijo é altamente complexa, contendo centenas de ácidos gordos.

tipos-de-queijo-1024x1024
O queijo é rico em gordura saturada, mas também oferece uma boa quantidade de gordura monoinsaturada. Contém uma família de gorduras trans ruminante ou gorduras trans láctea, que são consideradas benéficas à saúde quando consumidas com moderação. Nelas são abundantes o ácido vacênico e o ácido linoleico conjugado, que traz vários benefícios à saúde como ajudar na perda de peso. No entanto, grandes doses podem ter consequências metabólicas prejudiciais. O queijo contém triptofano, um aminoácido que também reduz o stress e a insônia.
A lactose, é o principal hidrato de carbono encontrado nos produtos lácteos. Uma condição conhecida como intolerância à lactose, desencadeia problemas como excesso de gases, diarreia e outros sintomas adversos. Alergia ao leite é uma condição rara, mais comum entre crianças do que em adultos. Quanto mais gordura e mais envelhecido é o queijo, menor é o teor de lactose. Queijos com menos de 2% de lactose costumam ser bem tolerados, porém devem ser consumidos com moderação. Queijos Feta e Pecorino são 0% lactose, pois ambos são produzidos a partir do leite de ovelha, que possui quantidades muito pequenas de lactose.

O queijo vegano, sem lactose, sem colesterol, sem nenhum derivado de origem animal e sem nenhum tipo de conservante ou corante artificial. Esses queijos podem ser feitos a partir da castanha de caju, mandioca, soja, quinoa, amêndoas dentre outros produtos que não derivem de origem animal.

Veja nesta lista porcentagens de lactose possíveis de serem encontradas em queijos com baixo teor (em caso de dúvida, verifique com o fabricante antes de consumir o produto):

Gorgonzola: 0,0 – 2,5%
Brie: 0,0 – 2,0%
Camembert: 0,0 – 1,8%
Cheddar: 0,0 – 2,1%
Edam: 0,0 – 1,4%
Gouda: 0,0 – 2,2%
Muenster: 0,0 – 1,1%
Parmesão: 0,0 – 3,2%
Provolone: 0,0 – 2,1%
Muçarela de búfala: 2%
Ricota: 3,6%

O alimento é tão interessante que a Associação Brasileira das Indústrias de Queijo (ABIQ) recomenda que os adultos ingiram três porções de lácteos de 50 gramas cada por dia e que crianças consumam três porções de 30 gramas cada diariamente.

Contudo, alguns tipos de queijos possuem altas concentrações de gorduras saturadas, cujo excesso pode levar a doença cardio vascular que a longo prazo pode comprometer o coração, os rins e o cérebro, e sódio, que pode causar o aumento da pressão arterial. Portanto uma alimentação balanceada é importante. Seguem alguns tipos de queijos mais populares, seus benefícios e problemas nutricionais.

Muçarela: Ela possui alta concentração de vitamina B12, um nutriente importante porque participa como coenzima no metabolismo de ácidos graxos e aminoácidos. É imprescindível para a formação do sangue e a função neurológica normal. Além disso, 50 gramas do alimento contam com 25% das necessidades diárias de cálcio e 22% da quantidade recomendada por dia de proteínas, 15.6% de sódio e 29.6% do valor recomendado de gorduras saturadas por dia.
Nutrientes em 50 gramas de queijo muçarela:
-Calorias: 150 calorias
-Gorduras totais: 11g
-Gorduras saturadas: 6.56 g
-Gorduras monoinsaturadas: 3.2 g
-Gorduras poli-insaturadas: 0.38 g
-Proteína: 11 g
-Cálcio: 252mg
-Sódio: 313 mg
-Vitamina B12: 1.14 mcg
-Vitamina B 6: 0.0183 mg
-Vitamina A: 89 mcg
-Vitamina B2: 0.14 mg
-Fósforo: 177 mg

Parmesão: O parmesão é o queijo que possui a maior quantidade de cálcio e 50 g do alimento, conta com 59% da necessidade do nutriente em um dia. Ele ainda é o queijo que conta com a maior concentração de proteínas, 50 gramas do alimento possuem 35%, sódio são 33% e possui 37% da quantidade máxima de gorduras saturadas recomendadas por dia.
Nutrientes do parmesão em 50 gramas:
-Calorias: 196 calorias
-Gorduras totais: 13 g
-Gorduras saturadas: 8.2 g
-Gorduras monoinsaturadas: 3.75g
-Gorduras poli-insaturadas: 0.28 g
-Proteína: 17.9 g
-Cálcio: 592 mg
-Sódio: 688 mg
-Vitamina B12: 0.6 mcg
-Vitamina B 6: 0.04 mg
-Vitamina A: 103 mcg

Queijo de cabra: O queijo de cabra, é macio e possui a maior quantidade de vitamina A, que é fundamental para a visão. Esta vitamina também é importante para o desenvolvimento embrionário. Este queijo possui pouco cálcio, 50 gramas contam com somente 7% das necessidades diárias do nutriente e em 50 gramas conta com 33% de gorduras saturadas.
Nutrientes em 50 gramas de queijo de cabra:
-Calorias: 134 calorias
-Gorduras totais: 10.5 g
-Gorduras saturadas: 7.2 g
-Gorduras monoinsaturadas: 2.4 g
-Gorduras poli-insaturadas: 0.25 g
-Proteína: 9.26 g
-Cálcio: 70 mg
-Sódio: 229 mg
-Vitamina B12: 0.096 mcg
-Vitamina B2: 0,16 mg
-Vitamina B 6: 0.125 mg
-Vitamina A: 144 mcg
-Fósforo: 248 mg

Provolone: Este queijo conta com boas quantidades de nutrientes como 37% das necessidades diárias de cálcio. A mesma quantidade de provolone ainda conta com 19% das necessidades diárias de vitamina A e 30% de vitamina B12. O provolone é o queijo mais calórico, ele é rico em gorduras saturadas, 50 gramas do alimento contam com 37% da quantidade recomendada de gordura saturada e 22% do sódio.
Nutrientes presentes em 50 gramas de queijo provolone:
-Calorias: 204 calorias
-Gorduras totais: 13.1 g
-Gorduras saturadas: 8 g
-Gorduras monoinsaturadas: 3.6 g
-Gorduras poli-insaturadas: 0.5 g
-Proteína: 12.79 g
-Cálcio: 378 mg
-Sódio: 438 mg
-Vitamina B12: 0.73 mcg
-Vitamina B 6: 0.036 mg
-Vitamina A: 117 mcg

Gorgonzola: O gorgonzola é uma variedade de queijo azul fabricado com leite de vaca, originário da localidade de Gorgonzola, nos arredores de Milão, na Itália. Neste queijo, assim como em todos os queijos azuis, no processo de maturação, são injetados fungos, que fazem com que tenha veias verde-azuladas e que lhe dão um sabor especial. Uma porção de 50 gramas do queijo conta com 60% da necessidade diária de proteínas e 30% do valor máximo de gorduras saturadas recomendadas. É rico em vitaminas A, B1, B2, B6, B7, B8, B9, B10, B12, PP.
Nutrientes presentes em 50 gramas de gorgonzola: 
-Calorias: 158 calorias
-Cálcio: 241 mg
-Proteínas: 10 g
-Gorduras totais: 13 g
-Gorduras saturadas: 6.6 g

Muçarela de búfala: Comparada com outros queijos a muçarela de búfala possui em 50 gramas somente 13% das necessidades diárias de cálcio, possui menos gorduras saturadas, 30% do valor máximo de gorduras saturadas recomendadas ao dia e mais proteínas do que a muçarela comum.
Nutrientes presentes em 50 gramas de muçarela de búfala:
-Calorias: 150 calorias
-Cálcio: 133 mg
-Proteínas: 10 g
-Gorduras totais: 11.6 g
-Gorduras saturadas: 6.6 g

Requeijão: O requeijão não possui tanto cálcio e proteínas quanto outros tipos de queijo. Nas 50 gramas do alimento possuem somente 12.6% das necessidades diária de cálcio e 9.6% do valor recomendado de proteínas por dia. Ele é rico em sódio e contam com 13.9% da quantidade orientada por dia.
Nutrientes presentes em 50 gramas de requeijão:
-Calorias: 128 calorias
-Gorduras totais: 4.8 g
-Gorduras saturadas: 4.2 g
-Proteína: 4.8 g
-Cálcio: 129.5 mg
-Sódio: 279 mg

Copyright © 2015 Pixel Theme Studio. All rights reserved.